quinta-feira, 14 de novembro de 2013

As Plantas Carnívoras
Pode ficar tranquilo, que elas não comem gente. E, apesar do nome, também não comem carne! As plantas carnívoras gostam mesmo é de um bom inseto, seja ele uma mosca, um gafanhoto, um besouro ou uma borboleta . Existe uma única exceção: a Nepenthes rajah, que vive em Bornéu, na Indonésia, continente asiático. Essa pode ser considerada uma verdadeira planta carnívora: devora passarinhos, lagartos e até pequenos sapos!

Algumas das plantas carnívoras têm uma arma super poderosa na caça aos insetos: o perfume do seu néctar. Quando um inseto é atraído pelo perfume e se aproxima, a  flor aprisiona  com gotas de uma substância gosmenta. 



Outras espécies de plantas carnívoras atraem insetos pelo brilho dessas substâncias . Há ainda aquelas mais ousadas, que fecham suas pétalas com grande rapidez, engolindo os pequenos bichos como se fechassem a boca.



As plantas carnívoras então envolvem o animal com substâncias digestivas, produzidas por uma glândula especial que só elas possuem. No processo de digestão, elas retiram de suas vítimas os elementos de nutrição que não encontram no solo, de onde as raízes normalmente tiram o sustento dos vegetais.



Os cientistas acreditam que as plantas carnívoras sejam espécies muito antigas, de até 65 milhões de anos. Hoje elas correm o risco de desaparecer. A dificuldade de capturar insetos em certos ambientes pode levá-las à extinção.

Fonte: O Mundo Colorido

Nenhum comentário:

Postar um comentário