terça-feira, 16 de abril de 2013


Camarão apreendido em SFI doado a instituições beneficentes

Apreensão foi referente à Lei Federal que proíbe pesca do camarão no período do defeso
 Divulgação

Apreensão foi referente à Lei Federal que proíbe pesca do camarão no período do defeso

Instituto Pinókio, Ong Arco Íris de Luz e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) foram as entidades de São Francisco de Itabapoana beneficiadas com 700 quilos de camarão apreendidos na praia de Gargaú. A distribuição foi realizada pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente na tarde de terça-feira (16/04) aos representantes de cada uma das três entidades.
A apreensão aconteceu no início da tarde de segunda-feira (16) e foi realizada por policiais da Unidade de Policiamento Ambiental do Desengano (UPAM-PMERJ), com apoio do Grupamento Ambiental de São Francisco de Itabapoana. A ação é baseada na Lei Federal 9.605/98, art. 34, referente à pesca do camarão no período do defeso.
Na ocasião, foram encontrados, dentro do frigorífico, camarões limpos e ainda não congelados, outros sendo limpos e alguns com casca.
De acordo com o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Cláudio Heringer, não se pode admitir a pesca do camarão ou de qualquer outra espécie no período do defeso, sob pena da escassez desse pescado no município, como aconteceu com o peruá.
“O período de defeso é o tempo em que as atividades de pesca esportivas e comerciais ficam vetadas. Este período é estabelecido pelo Ibama de acordo com o tempo em que os animais se reproduzem na natureza, visando a preservação das espécies e a fruição sustentável dos recursos naturais”, destacou.
Ainda de acordo com o secretário, a atuação dos agentes do GAM foi legítima  e cumpre uma de suas prerrogativas que é a fiscalização. Esperamos que ações como esta produzam efeito ao menos pedagógico e que haja a colaboração da maioria, pois assim não atingiremos o chamado ponto crítico, o colapso da pesca. Respeitando os defesos, damos oportunidade para a natureza se recuperar”, finalizou o Secretário de Meio Ambiente.
fonte:Ururau.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário